La Perseguida


Foto 5 Carolina Reichert

 

SINOPSE

La perseguida, inspirado em grandes números clássicos de palhaços, é diversão garantida para todas as idades! Melancólico, dócil e cruel, Rabito espera pelo grande amor de sua vida em meio a números circenses.

O espetáculo é nutrido pelo improviso, criando armadilhas para o público aventurar-se em uma vivência intensa e comovedora ao lado do Palhaço Rabito. Na espera pelo seu grande amor, metáfora para tudo aquilo que desejamos na vida, Rabito explora com entusiasmo cênico cada minuto do encontro com o público, mediante brincadeiras, gags e provocações. A espontaneidade desse encontro entre o público e o palhaço faz da espera um momento de entrega ao acaso, um instante mágico que merece ser vivido por cada um de nós.

La Perseguida circulou por todo o território nacional, participando de grandes eventos no Brasil e na América Latina. Foi Prêmio Funarte Artes na Rua 2011 e em 2013 realizou turnê nacional por 16 estados com o PALCO GIRATÓRIO SESC. La Perseguida invadiu praças, ruas, teatros e espaços alternativos de diversas cidades, tendo emocionado e divertido mais de 60.000 pessoas desde sua estreia em 2009. A experiência proporcionada pelo espetáculo aposta no reencontro do público com o teatro, e consolida o palhaço como figura indispensável no mundo atual, tendo como destino reatar os laços humanos através da partilha de emoções e afetos.

Foto: Diogo Lameira

Foto: Diogo Lameira

 

RELEASE 

La Perseguida é um espetáculo centrado na figura do palhaço e visa um resgate das tradições circenses ao inspirar-se em números clássicos (gags) de palhaços do circo, teatro e cinema. O Teatro VagaMundo aposta na força do palhaço por acreditar que este, ao transgredir os padrões de comportamento e interação com a realidade, apresenta novas formas possíveis de relacionar-se com o mundo e com o outro. O espetáculo visa despertar através da interação com o palhaço a criança em cada um de nós, trazendo à tona o prazer do contágio e do riso.

No espetáculo, Rabito espera pelo seu grande amor, como uma metáfora para tudo aquilo que perseguimos na vida.  “Estamos sempre em busca de um sentido maior para nossas vidas, para além do eterno presente. Sonhamos com o (im)possível sem nunca atingi-lo. Rabito vive a espera de sua tão “perseguida” amada, mas a vida já não é simpática àqueles que amam e que esperam. Tendemos a encarar a espera como um momento improdutivo, que insulta a lógica e o ritmo de nosso tempo.” E nesse tempo em que vivemos, repleto de falta de tempo, Rabito vem para celebrar o encontro e desvelar o vazio como possibilidade de criação e descoberta. O palhaço, o ser que tem no presente sua força criativa, vive em La Perseguida o vazio da espera com a beleza dos sonhos, da estupidez e do erro, embriagando-se com a potência esperançosa da vida. “O palhaço, assim, devolve ao mundo o que a modernidade lhe roubou: a imaginação criadora e capacidade de reencantar a vida.”

La Perseguida está centrado no jogo direto entre o ator e o público, por acreditarmos ser esta a maior força do palhaço. Pela capacidade de improvisação e adaptação de Daniel Lucas, buscamos uma maior interação entre o universo desenvolvido em cena e o universo dos espectadores, pois é da diversidade dos universos em que habitam, palhaço e público, que pode surgir a leveza da alegria e o potencial revelador das relações.

Para nós La Perseguida, fundamentado em raízes circenses profundamente populares, é uma possibilidade de celebrarmos nossas diferenças em um misto de caos e festa, no qual  podemos perceber-nos profundamente frágeis, perversos, belos e humanos.

foto Bruno Tetto (2)

Críticas

Em oposição ao nosso tempo da falta de tempo, o palhaço Rabito faz do presente um momento vivido com sentido, mediante brincadeiras e fantasias. É na aparência insignificante do presente que a vida ganha sentido. A rotina e a banalidade transformam-se em instantes de pura elevação. Vejo no palhaço Rabito um ser total, capaz de nos fazer chorar e sorrir. Um palhaço dócil e, ao mesmo tempo, bruto, competente em arrancar do público aplausos e gestos de condenação. O palhaço Rabito é, paradoxalmente, um ser humano completo e inacabado, que revoluciona a vida ao transformar a espera num momento simbólico e imprevisível. (por Lisandro Moura, sociólogo)

Rabito é um palhaço jovem com pinta de veterano. Há uma bela estrada para Lucas aperfeiçoar seu estado de presença tributário ainda do cinema de Fellini. Sua performance já desponta espirituosa, próxima daquela aura que só os grandes palhaços alcançam no picadeiro. E, no espaço ao ar livre, só guerreiros angelicais e com pintadas de crueldade, como esse de Santa Maria, articulam tanta reinvenção sobre o nada e o todo em meio aos parcos objetos e adereços pinçados de seu baú. (por Valmir Santos, jornalista / Revista Bravo)

Foto: Diego Lameira

Foto: Diego Lameira

FICHA TÉCNICA

Direção: Gabriela Amado

Atuação: Daniel Lucas

Cenário, Figurino e Maquiagem: Teatro VagaMundo

Iluminação: Gabriela Amado

 

 

 

Para conferir mais fotos do espetáculo clique na FOTO

Foto: Carolina Reichert

Foto: Carolina Reichert

 

CURRÍCULO DO ESPETÁCULO

 

O espetáculo ‘La Perseguida’ realizou apresentações em  todo o território nacional e em outros países latino-americanos o espetáculo esteve realizando temporada na Colômbia e se apresentou no Uruguai.

Em 2010 recebeu apoio do MINC para representar o Brasil em um dos maiores festivais de artes cênicas do mundo, o Festival Iberoamericano de Teatro de Bogotá (Colômbia). No ano de 2011 La Perseguida foi contemplado com o PRÊMIO Funarte Artes na Rua através do qual foi apresentado em 12 aldeias indígenas Kaingang com o projeto “Palhaço Rabito aterriza na sua aldeia! Uma ode às diferenças!”. No ano de 2012 dando continuidade a este mesmo projeto apresentou-se em 11 aldeias guaranis com financiamento do Pró- Cultura FAC RS. Em 2013 o espetáculo integrou a programação do Palco Giratório SESC circulando por 16 estados brasileiros , num total de 46 apresentações.

O espetáculo tem participado de importantes eventos e festivais no Brasil e América Latina, a citar: ‘Mostra seu Nariz’ em Curitiba -PR, Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre -RS, Festival Iberoamericano de Teatro de Bogotá (Colômbia),2º  Encontro Palhaços em Todo Lugar em Ribeirão Preto – SP, Festival Alternativo de Teatro em Bogotá (Colômbia), 7º Festival Palco Giratório (POA),  19o Floripa Teatro – Festival Isnard Azevedo (Florianópolis –SC), Festival de Inverno SESC Rio (Nova Friburgo-RJ), Festival de Teatro de Chapeco ( Chapecó- SC), Festival Palco Giratório Sesc 2013, cidades de: Fortaleza, Rio de Janeiro, Recife, Cuiabá, Porto Alegre, Campo Grande, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Velho e Florianópolis.

Com um público estimado em 60.000 pessoas desde sua estréia em novembro de 2009, é um espetáculo muito bem acolhido pelo público, tendo percorrido mais de 100 cidades do Brasil em mais de 160 apresentações.

Foto: Carolina Reichert

Foto: Carolina Reichert

 

Anúncios

1 opinião sobre “La Perseguida”

  1. Adorei o Espetáculo, vi ontem e desde então não me sai da cabeça ele chamando pela sua amada. Arrancou gargalhadas e lágrimas, simplesmente emocionante. Parabéns à todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s